O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão abriu as candidaturas de um programa de bolsas de estudo para licenciados portugueses que queiram frequentar um curso de pós-graduação em universidades japonesas. Todas as áreas de estudo estão abrangidas, com algumas exceções discriminadas no anúncio do programa.

As bolsas estão divididas em duas categorias: “Research Student” e mestrado, doutoramento ou curso superior profissional. No primeiro caso, a duração é de 24 meses (entre abril de 2016 e março de 2018); no segundo é um pouco mais curta, de 18 meses (de outubro de 2016 a março de 2018).

Durante o período de atribuição da bolsa, lê-se no regulamento, o valor mensal será de 143.000 ienes (1032 euros) para “Research Student”, de 144.000 (1039 euros) para mestrado ou curso profissional e 145.000 (1047 euros) para doutoramento. “Poderá ser atribuído um montante adicional de 2.000 (14,5 euros) ou 3.000 ienes (21,6 euros) para as colocações em certas regiões”, estipula o anúncio.

Da bolsa consta ainda um bilhete de avião para Tóquio, em 2016, bem como a viagem de regresso, se pedida “dentro do período prescrito”. Os bolseiros estão isentos do pagamento “do exame de admissão, matrícula e propinas nas universidades”.

Os candidatos — que têm até 30 de junho para apresentar as candidaturas — devem ser portugueses e ter nascido a 2 de abril de 1981 ou depois. 22 anos é o limite mínimo de idade. Da lista de requisitos (que pode ser consultada aqui) faz parte a obrigatoriedade de conclusão ou frequência de uma licenciatura, bem como a disposição para estudar a língua japonesa.

A documentação e os formulários de inscrição requeridos devem, obrigatoriamente, ser entregues na Embaixada do Japão em Portugal, em Lisboa. As dúvidas podem ser esclarecidas através do endereço cultural@lb.mofa.gp.jp.