O “Postal Sonoro” regressa com um desafio. Se és fã de adivinhas e jogos de tentativa-erro, que tal ouvires a rubrica desta semana e adivinhares o sítio que fomos ouvir? Deixámos a pista de que é um lugar repleto de relíquias e antiguidades. O passado bem presente na Travessa de S. Carlos. Entre os sons provocados pelo chão de madeira e o som das antigas máquinas de escrever, damos-te a conhecer o sótão mais familiar da cidade.

Esta semana, demos um salto até à Boavista e fizemos uma visita à Casa da Música, um símbolo da cultura da nossa cidade. Todos nós conhecemos o edifício que celebra a música e som. Mas este não foi sempre um espaço dedicado à música. Paulo Sarmento e Cunha conta-nos qual era o antigo propósito do edifício que se situa na Rotunda da Boavista. Acreditamos que, mesmo que tentasses adivinhar, não conseguirias descobrir o que era “Antigamente Aqui”.

Como nos comprometemos a trazer-te o que de melhor se faz na música que ecoa na cidade, a rubrica “Música à Moda do Porto” traz esta semana os “Sete Pedras na Mão”, uma banda de garagem composta por cinco elementos. Num ambiente informal, a banda de Santo Tirso caracteriza a sua sonoridade, explica a escolha do nome e ainda revela as expectativas perante o concerto que se aproxima no Plano B, no âmbito do XV Concurso de Bandas de Garagem promovido pela FAP.

Se o problema desta semana é a falta de planos para atividades de lazer, o “Sai de Casa” sugere-te as melhores opções. Depois de conheceres o que foi a Casa da Música no passado, só falta mesmo entrares no edifício para uma boa dose de jazz. Se jazz não for a tua música de eleição, a Orquestra Sinfónica do Porto pode ser uma excelente companhia para um serão musical. Os ritmos do hip hop vão andar pelo Coliseu do Porto, pela voz de Dengaz. E por sabermos que a carteira anda sempre vazia, a Casa da Música tem diversas sugestões para que te divirtas sem abrir os cordões à bolsa.