O Portugal Fashion acolheu, na manhã de sábado, as propostas de Katty Xiomara para a Primavera/Verão de 2018. A criadora escolheu o antigo Matadouro de Campanhã – “um Miami art déco district, bastante mais doce, mais colorido e mais ácido” – para apresentar a coleção “Parachute Trip”.

A designer luso-venezuelana justifica ao JPN a escolha do local: “Queríamos criar algum contraste, queríamos também um espaço onde fosse possível intervir artisticamente e queríamos este aspeto urbano, exatamente este aspeto industrial para contrastar com a coleção”, explicou.

Espaço vai acolher museus e empresas

O antigo Matadouro Municipal vai ser reabilitado para acolher diversos espaços culturais – como o Museu da Indústria – sociais, empresariais e comerciais, entre outros. O projeto é classificado pela Câmara do Porto com um projeto “âncora na reabilitação da zona oriental da cidade do Porto”. A obra está orçada em 15 milhões de euros e não deverá estar pronta antes do outono de 2020.

Katty Xiomara convidou a Circus Network que ficou encarregue da criação de um mural de 60 metros, que envolveu 14 artistas, recriando um pouco do ambiente de inspiração da coleção, evocando Miami e a zona emblemática de Wynwood. As cadeiras, na plateia, não chegaram para acomodar todo o público que acorreu ao desfile.

Entre laranjas, framboesas e azuis, formas soltas, simples e despojadas, surge o vestido de gala para a despedida do Matadouro.

A estilista descreveu a nova coleção como uma grande “festa” e mostra, uma vez mais, o melhor da moda nacional.

Artigo editado por Filipa Silva