Ensaios inéditos, feitos individual ou coletivamente, que abordem as celebrações dos 30 anos da assinatura do Tratado de Adesão de Portugal às Comunidades Europeias (1985-2015).

É este o desafio que o Secretário de Estado dos Assuntos Europeus lança no concurso Prémio Portugal-Europa – 30 anos, que tem dois mil euros para dar ao melhor trabalho (valor que pode ser dividido caso haja mais do que um premiado).

O concurso está a aberto a qualquer cidadão e procura ensaios “sobre um tema atual, de relevância e interesse no âmbito das celebrações dos 30 anos da assinatura do Tratado de Adesão de Portugal às, então, Comunidades Europeias”, lê-se num comunicado do Centro de Informação Europeia Jacques Delors, que colabora na divulgação e gestão da iniciativa.

Os candidatos devem redigir um texto, em português ou inglês, com um máximo de 20 páginas (ler regulamento), e enviá-lo para premio30anos@ciejd.pt até ao dia 31 de março.

A avaliação dos trabalhos está a cargo do júri que é constituído por, pelo menos, três personalidades nomeadas pelo Secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Bruno Maçães.