Quando passarem 39 segundos das 19h44 terá começado a ser visível, no distrito do Porto, o eclipse solar previsto para esta segunda-feira.

O Planetário do Porto-Centro de Ciência Viva preparou para isso uma sessão de observação junto à Piscina das Marés, em Leça da Palmeira, disponibilizando telescópios com filtros próprios para ver o fenómeno.

A sessão de observação decorre junto ao mar.

A sessão de observação decorre junto ao mar.

Em Portugal, e uma vez que o eclipse ocorre ao cair do dia, o fenómeno será visível mas pouco, ainda assim por um período que excede a meia-hora.

A percentagem de sol oculto visível a partir do nosso território varia consoante a localização geográfica. Se em Bragança a percentagem máxima de sol oculto pela lua será de 14%, no Porto o valor vai até perto dos 16%. Em Faro, o valor ultrapassa os 21%.

É contundo nas ilhas que o eclipse solar vai ser mais visível. Em Santa Cruz das Flores, nos Açores, a percentagem de sol tapado pela lua chega aos 28% enquanto no Funchal a percentagem será de 33%.

O Planetário do Porto além do convite deixa o alerta: a observação direta do Sol não é recomendada, deve ser feita através de filtros próprios.