A estudante da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, Ana Filipa Martins, terminou a final do concurso completo de ginástica nas Universíadas de Taipé, esta terça-feira, na sexta posição, entre 18 finalistas.

A ginasta completou a passagem pelos quatro aparelhos com 52.400 pontos. A sua melhor prestação ocorreu no salto, com 13.300 pontos. No solo, somou 13.250, na trave 13.150 e nas paralelas assimétricas 12.700 pontos. O concurso foi ganho pela romena Larisa-Andreea Iordache, com 56.750 pontos.

A prestação de Filipa Martins fica um pouco abaixo da registada há dois anos, nas Universíadas de Gwangju, na Coreia do Sul, quando a ginasta do Sport Clube do Porto foi quarta, com 54.988 pontos. O sexto lugar valerá, contudo, a Portugal e à atleta um diploma, por ter terminado entre os oito primeiros da disciplina.

Filipa Martins já tinha entrado em prova esta segunda-feira. Pela primeira vez, Portugal participou na prova por equipas da ginástica artística feminina, tendo terminado na sétima posição da geral. Ao lado de Filipa Martins, que assim se apurou para o all-around, participaram Inês Romero (IP Porto) e Diana Abrantes (U.Lisboa). Terminaram o concurso individual na 34ª e 39ª posições, respetivamente.

Filipa Martins não logrou o apuramento direto para a final dos aparelhos – em 2015 foi medalha de prata na final da Trave – mas está na reserva para as finais de Trave e de Solo.

As Universíadas de Taipé decorrem até 30 de agosto. Oito estudantes da Universidade do Porto estão em prova entre os 64 estudantes-atletas portugueses que participam nesta competição.