Vai decorrer no Instituto de Investigação e Inovação em Saúde Universitária do Porto (i3S) um evento promovido pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) que tem o objetivo de divulgar oportunidades de mobilidade académica nos Estados Unidos da América. A iniciativa começa às 15h00 e prolonga-se até às 17h00 da próxima terça-feira (18).

Segundo a organização, a primeira edição, que decorreu em Lisboa, “foi um sucesso”. A sessão de esclarecimento aos estudantes universitários permite-lhes contactar com antigos participantes de programas de mobilidade e trocar impressões sobre como é continuar os estudos académicos nos Estados Unidos.

Os estudantes vão poder contar com a presença de três institutos universitários: a Fullbright Comission Portugal, o MIT Portugal e o Carnegie Mellon Portugal.

Ao longo da tarde, os estudantes vão poder assistir a palestras sobre mobilidade académica assim como ouvir as oportunidades das três organizações presentes.

Do programa destaca-se a palestra “Como é Estudar e Investigar nos EUA?“, às 16h25, que vai reunir três académicos da Universidade do Porto – Maria do Pilar Lima, Cláudia Brito e Telmo Catarino – e ainda Jessica Phan, licenciada pelo Pomona College.

A sessão de abertura vai estar a cargo da vice-presidente do i3S, Paula Tamagnini, às 15h00. Seguir-se-á o painel “Estudar e Investigar nos EUA com a FLAD”, dez minutos depois, assim como a restante programação já referida.

O evento tem lugares limitados e a presença deve ser marcada por emailmedia@flad.pt – até esta sexta-feira (14). Na quarta-feira (19) a FLAD leva a iniciativa até Braga, para uma segunda sessão na zona norte, no Campus Gualtar-Braga da Universidade do Minho.

Artigo editado por Filipa Silva.