A Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP) vai fazer parte do Cidades Emergentes, um estudo internacional sobre a influência do isolamento social na organização das cidades, no contexto da pandemia do novo coronavírus. O estudo é coordenado pela Escuela de Arquitectura Cesuga – USJ da Corunha, em Espanha.

O objetivo do Cidades Emergentes é entender a perceção das pessoas relativamente ao presente e ao futuro da sua relação com a habitação. São considerados para o estudo critérios como a relação com vizinhos, espaço para teletrabalho ou o funcionamento da cidade.

Além da Universidade do Porto e do Centro de Estudios Superiores de Gaclicia (CESUGA), outras seis instituições de países diferentes vão estar representadas no estudo – Brasil, Estados Unidos da América, Perú, Reino Unido, Equador e Itália.

O estudo iniciou-se em Espanha no passado dia 25 de março e os portugueses que quiserem contribuir para a pesquisa podem fazê-lo preenchendo o inquérito disponível através deste link, disponível até 30 de abril.

O contributo individual pode, também, ser feito através da partilha de fotografias que retratem o quotidiano em casa, para o e-mail auladeurbanismo@cesuga.com ou através do envio de informação em qualquer tipo de formato (textos, vídeos, desenhos, etc.) relativa ao isolamento para o e-mail arisingcities@gmail.com.

Artigo editado por Filipa Silva.